Menu

Skol Music





Um canto em cada canto. Através do projeto Canto Skol Salvador, a cerveja Skol ativou diversos espaços alternativos e esquecidos da cidade!

A riqueza musical da Bahia é indiscutível. O estado exporta tendências, artistas, e produz estilos musicais peculiares a partir das referências culturais e históricas.

A música é um importante fio condutor de Skol para se conectar com as pessoas em momentos de alegria e descontração. Através do Canto Skol utilizamos as novas expressões musicais baianas para resgatar lugares tradicionais de cultura da cidade que ficaram distantes da agenda de eventos de Salvador.

Queríamos valorizar a expressão do baiano através da potencialização de um movimento cultural, incentivando a mistura baiana e sendo curadora de manifestações emergentes, a partir da música. A cena da música alternativa vem crescendo na Bahia e tomando um pouco do espaço que antes era apenas dominado pelo axé music.

O canto é um projeto que integra o projeto Skol Music Bahia que busca fomentar essa cena através da criação de um evento gratuito que traz música, arte e cultura à “Cantos” diferentes da cidade, fomentando as novas apostas de produtores musicais da Bahia, além de trabalhos em formação intelectual a partir da música.

O projeto é inspirado no movimento jamaicano “Cultura Sound System”, que ocorreu em Kingston nos anos 50. Diante da pobreza que imperava na cidade, a ideia era levar aos jovens, experiências musicais e contato com a arte. Com a imigração jamaicana, o movimento “Cultura Sound System” cresceu e ocupou as ruas e praças de outros países. Os “selectas”, como eram conhecidos os jovens jamaicanos, produtores musicais da época, passaram a viajar o mundo levando em suas bagagens vinis locais, a alegria própria do país, e toda experiência das festas de rua.

Além da música, o Canto Skol buscou proporcionar um movimento sócio cultural estimulando jovens das comunidades em que ocorreram os eventos. O conceito principal do projeto é “A música como papel transformador’’. Todo o projeto contou com o apoio do órgão da prefeitura, Salvador Cidade da Música, selo que a cidade recebeu da Unesco.

O primeiro local da cidade a receber o Canto Skol foi a comunidade do entorno do Dique do Tororó. O local escolhido foi a quadra do Bloco Apaxes do Tororó. O bloco é referência de música e processo de evolução cultural. Eles promovem o encontro da raiz com o contemporâneo, na música e no visual.
A ação também contou com a participação do Mutirão Mete Mão, idealizado pelo sistema de som perambulante Ministereo Público e pelo grupo de graffitti 071 Crew. A Prefeitura Municipal de Salvador, por meio do Escritório Salvador Cidade Global, também integrou a ação, com a ações que viabilizam a requalificação do espaço público.

Além das oficinas, palestras e shows gratuitos que serão oferecidos à comunidade, a Skol também reformou e deu uma nova cara ao barracão do Bloco Apaxes do Tororó. Com a ajuda dos integrantes das oficinas, o local foi completamente estilizado para receber o projeto.





Veja o próximo case

ir para Campeonato Surf WSL